Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
ANGATUBA, Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Ter
19/11
33 °C
16 °C
Índice UV
13.0
Quar
20/11
31 °C
19 °C
Índice UV
13.0
Quin
21/11
31 °C
18 °C
Índice UV
13.0
Sext
22/11
33 °C
20 °C
Índice UV
13.0
Buscar

NotíciaObras - Sexta-feira, 07 de Julho de 2017

Relevância do Cejusc para a comunidade é enaltecida pelas autoridades em sua inauguração

Relevância do Cejusc para a comunidade é enaltecida pelas autoridades em sua inauguração

Instância do Poder Judiciário para dar solução a conflito antes que se torne ação na Justiça, o Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania) foi inaugurado nesta sexta-feira (7), na rua Irmãos Basile, 390, em Angatuba, de forma bastante enaltecida pelas as autoridades presentes. A juíza da Comarca de Angatuba, Fabiana Fabrini, que é também a coordenadora do Cejusc em nível local, referiu-se ao órgão como instância que simplificará bastante os serviços do Judiciário,  prevendo que o fará de maneira eficiente. Na ocasião, salientou o empenho do prefeito Luiz Antônio Machado em colaborar com todo o aparato para o funcionamento desta instância. O prefeito, por sua vez, disse que é justamente pela importância desta inovação da justiça local que a prefeitura não abriu mão de colaborar, de tornar a sede da Cejusc um espaço à altura do que sua incumbência exige. O desembargador José Carlos Ferreira Alves, representando o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, após elogiar a singeleza da forma o qual foi recebido citando Leonardo Da Vinci, "simplicidade é o último grau de sofisticação", rememorou Carl Jung para demonstrar sentido na função do Cejusc num atributo específico, que o homem "conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar numa alma humana, seja apenas outra alma humana".  O desembargador é também coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos.

 

O Cejusc, mais esmiuçadamente, é integrado pelos setores processual, pré-processual e setor de cidadania. Entende-se que a pacificação social não virá com a supressão dos conflitos sociais, mas com a escolha do caminho para sua solução. O pré-processual do Centro Judiciário de Solução de Conflitos oferece uma alternativa pautada no diálogo e na cooperação entre as pessoas para a superação das divergências de interesses. O acordo firmado com autonomia das partes enaltece as possibilidades e as capacidades dos envolvidos, levando a um maior cumprimento do que é pactuado, assim se espera.

 

Presentes , ainda, à inauguração, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Magali Ramos Machado, o presidente da Câmara Municipal de Angatuba, João Damasceno dos Santos; o desembargador José Manoel Ribeiro de Paula, coordenador da 22ª Circunscrição Judiciária de Itapetininga; desembargador Antonio Carlos de Morais Pucci; juiz de Direito da Comarca de São Miguel Arcanjo, Matheus Oliveira Nery Borges ; juiz da 3ª Vara Civil da Comarca de Itapetininga, Diego Migliorini Junior; Bruno Américo Santi, representando a Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Itapetininga em Angatuba; comandante da Polícia Militar de Angatuba, 1º sargento Fábio José de Meira Soares, vice-prefeito de Angatuba, Márcio Abdelnur e vereador Nícolas Basile Rochel. além de funcionários do Fórum e outros convidados.

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...

Governo DigitalGOVERNO DIGITAL

Serviços CidadãoServiços EmpresasNotícias por CategoriaLinks Úteis

Telefones PúblicosTELEFONES PÚBLICOS

Prefeitura Municipal de Angatuba
  • (15) 3255-9500
Secretaria Municipal de Saúde
  • (15) 3255-9510
Conselho Tutelar
  • (15) 3355-0839

Ver todos os telefones...

Angatuba

R:João Lopes Filho, 120 - Centro
Angatuba - SP - CEP 18.240-000

Website Desenvolvido por King Page - Fábrica de Software